White Hack - Gestão de Vulnerabilidade e LGPD

Dicas para Segurança de Dados

Segurança de Dados

Manter os dados da sua empresa em segurança é essencial para qualquer negócio. Você já parou para pensar em como sua empresa está trabalhando essa questão? Ou pensou se sua empresa trabalha com proteção de dados?

É muito comum ver nos jornais e portais de notícias como as brechas de segurança são facilmente encontradas e como as empresas acabam sofrendo ataques e perdendo suas informações. Essas notícias mostram a vulnerabilidade dos sistemas e a falta de atitudes estratégicas de segurança em empresas de todos os portes.

A segurança de dados é essencial em qualquer empresa, é ela que mantém dados comerciais, registros financeiros e de funcionários sobre proteção. Quando essas informações são comprometidas sua empresa pode sofrer danos que vão desde à sua reputação até danos financeiros. Veja o caso da Cyrela.

Sendo assim, para te ajudar a garantir essa segurança e proteção reunimos neste post dicas para que você não enfrente esses problemas. Confira abaixo quais são elas.

7 dicas de segurança para dados

Um dos maiores ataques generalista no meio digital ocorreu em 2017, quando organizações privadas e públicas sofreram um grande ataque de hackers e acabaram com seus computadores invadidos por um vírus ransomware, que roubou informações sigilosas e pediu um pagamento como recompensa.

Ocasiões como essas são frequentes e extremamente sérias, trazendo consequências negativas para as empresas, como sequestro de dados, roubo de informações financeiras, pessoais e a perda de arquivos.

Por isso, para evitar que situações como essas não sejam comuns e não aconteçam na sua empresa, é necessário investir fortemente em segurança da informação. Conheça a seguir as dicas para garantir que sua empresa esteja atenta às melhores práticas para segurança de dados, tomando todas as atitudes para proteger as informações confidenciais.

1.    Conheça seus dados

Imagine que sua empresa sofra um ataque nos sistemas amanhã, você saberia quais são as informações mais valiosas para você? Quais informações seriam mais prejudiciais caso fossem perdidos?

Todas essas informações são necessárias para que você foque no trabalho e na proteção, incluindo a quantidade de funcionários com acesso a elas. Um dos principais benefícios para trabalhar com a proteção de dados é ter garantia de que também irá entender a fundo toda a sua estrutura e armazenamento de informações.

2.    Mantenha seus programas atualizados

Confira regularmente se seus sistemas e servidores estão devidamente atualizados é uma ação simples, mas que previne muitos riscos quando falamos de proteção de dados.

Normalmente, essa é a melhor opção para assegurar sua proteção, realizando atualizações em seus aplicativos de segurança. Como ataques hackers do tipo ransomware e outras ameaças digitais estão se adaptando diariamente para analisar pontos fracos, e em versões antigas é indicado saber o que atualizar nessas ferramentas de apoio.

3.    Realize backups dos seus dados frequentemente

Como o uso de backups já é uma parte crucial da estratégia de TI desde o início das operações, eles são seguros e você pode sobreviver a tudo, desde a exclusão acidental de arquivos até o completo bloqueio de ransomware.

A prática de segurança é uma das mais recomendadas e os dados precisam ser armazenados em um local seguro e remoto, longe do local principal dos negócios. Ter um backup reserva e off-line é um método eficaz para impedir falhas generalizadas.

4.    Tenha em sua empresa uma mentalidade de segurança

Todas as pessoas que têm uma senha e nome de usuário é responsável por garantir que os dados da empresa estejam seguros. Administradores de TI, devem lembrar frequentemente a todos os colaboradores que eles não devem compartilhar dados internos com pessoas de fora.

Manter os dados seguros, é um trabalho de todos os usuários e não é responsabilidade de apenas alguns funcionários. Essa atitude dá mais tranquilidade para trabalhar com foco total na qualidade de desenvolvimento da sua empresa.

5.    Acesse a rede com um navegador privado

Uma boa forma de proteger rapidamente suas ações online, é configurar uma janela no modo privado em navegadores como Mozilla Firefox e Google Chrome.

Esse acesso requer a abertura de outra janela de navegação, o que sai da janela comum do usuário.

Os usuários devem se preocupar em manter sua privacidade, entretanto, nem sempre é possível que todos eles tenham esse conhecimento e rotina. Por isso, a melhor opção é ter um navegador privado e usá-lo para todas as atividades.

Nessa situação a melhor escolha é ter um navegador privado e usá-lo para tudo.

6.    Possua diferentes endereços de e-mail

Um truque muito simples e comum e que funciona é possuir diferentes e-mails em contas distintas com base em seu conteúdo.

Ao possuir um endereço de e-mail diferente para assuntos pessoais, profissionais, contas, inscrições na web e qualquer outro tipo de acesso que possa ser aplicado é mais uma maneira de proteger seus dados, caso o seu e-mail seja de alguma maneira invadido.

Essa atitude também diminui a desordem da sua caixa de entrada, porém isso também mostra que você precisará gerenciar corretamente mais de um endereço de e-mail. Essa opção é muito mais simples do que parece e, se você tiver uma senha diferente para cada um desses e mails, caso uma seja comprometida, as outras estarão seguras.

7.    Escolha algoritmos para senha

Outra forma simples para se proteger online é usar algoritmos no lugar de senhas. A maior vulnerabilidade que as pessoas têm é a reutilização de uma mesma senha para várias contas, assim se um hacker obtiver sua senha, ele poderá ter acesso a todos os seus dados.

Como lembrar dezenas de senhas é complicado mantemos uma senha para tudo. Porém, há uma técnica simples para criar senhas difíceis e você lembrar delas facilmente. Essa técnica é conhecida como algoritmo de senha.

Você pode, por exemplo, pegar uma frase de uma música ou livro que você nunca esqueceu e pegar a inicial de cada palavra e formar uma senha. Além disso, você pode completar essa senha com letras maiúsculas e minúsculas. Com isso, você terá uma senha mais segura do que apenas sua data de nascimento ou os números de algum documento.

Sendo assim, você só precisará lembrar como utilizar o algoritmo em um site e não precisará lembrar ou anotar senhas.

Se você gostou de conhecer essas dicas para segurança de dados, deixe o seu comentário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Mais Posts

Assine a Newsletter